A moda nos games

Personagem do jogo O Rei do Cangaço, Lampião lutando contra cangaceiros possuído

Crédito: Reprodução

A produção de arte do jogo não envolve apenas o cenário, gráficos e história, mas também um elemento muito importante que é o figurino. Fernanda Alvares, CEO da empresa  2Kill Gaming, que tem um time de e-Sports em alguns jogos, conta que “a direção de arte engloba figurino e é importante, pois o público consegue se identificar mais com o personagem”.

Fernanda contou ainda que, neste processo de evolução do figurino, um grande destaque ficou por conta das personagens femininas, que deixaram de ser retratadas de forma muito sexualizada. Segundo ela, um exemplo disso é a Lara Croft, personagem da franquia Tomb Raider.

game.png

Personagem Lara Croft ao longo dos anos

Foto: Reprodução (Evolution of Tomb Raider)

O maior evento de games da América Latina Brasil Game Show  aconteceu nos dias 11 a 15 de outubro, no Expo Center Norte reunindo diversas empresas de games grandes como a Playstation e Xbox, e empresas menores de jogos independentes popularmente chamadas de jogos indies. O Pesponto em Pauta foi até a BGS e entrevistou pessoas que trabalham com produção de jogos abordando como a direção de arte conversa com a moda nos games.

game2

Fernanda Alvares, diretora executiva da 2kill Gaming, no estande do patrocinador Thermaltake

Foto: Isabelle Bulla

A empresa indie Ignite Games criou um jogo chamado O Rei do Cangaço, inspirado na época do cangaço, nas vestimentas de Lampião e teve uma mistura de elementos do passado com futurísticos. Matheus Mazuqueli, produtor e diretor de arte do game, contou que o jogo foi inspirado no figurino da época. “Adaptamos para a proposta do jogo; para ficar mais dark fizemos cortes na roupa, com efeito de queimado nos trajes”.

game3

A moda está inclusa no mundo dos games e com ela dá para criar uma identidade visual para um personagem através das roupas

Foto: Isabelle Bulla

Outra empresa indie que marcou presença no evento foi  a Alecfu Studio que criou um jogo novo de terror chamado Insania, o diretor de arte Marcio Roberto disse que na sua opinião é importante que o figurino combine com a história e a arte do jogo. E também tem que combinar com o som. “A roupa vai dizer muito sobre a personalidade do personagem”, diz.

game4

Marcelo Augusto na esquerda, no centro Thiago Santos e Márcio Robert integrantes da equipe Alecfu Studio

Foto: Isabelle Bulla

 

Por Isabelle Bulla

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s