MODA TAMBÉM ECOA AÇÕES DE IMPACTO SOCIAL

Projeto social da ESPM-SP utiliza do interesse público pela área para impactar positivamente crianças com câncer

Texto: Ana Carolina Bilato, Iasmin Rao Paiva

O Bem da Moda é um programa da ESPM Social que tem como objetivo arrecadar dinheiro para o GRAACC, um hospital para crianças que fornece tratamentos gratuitos para câncer infantil. “A meta maior do projeto é falar para o maior número de pessoas possíveis: ‘você, como aluno, como futuro profissional, tem uma responsabilidade, que é contribuir para o meio em que você vive’”, afirma o coordenador do projeto e professor da ESPM, Marcelo Chiavone Pontes (mais conhecido como Jimmi).

Tendo isso em vista, a iniciativa acontece durante uma semana, no mês de outubro, quando três eventos ocorrem simultaneamente: o bazar, brechó e o leilão. Os dois primeiros são direcionados para os funcionários da faculdade, com o intuito de que consigam ter acesso a roupas de qualidade por um preço justo. O último, por sua vez, tem como foco os alunos e pais da faculdade, em um leilão único, em que são vendidas experiências exclusivas.

Além da conscientização dos alunos, o projeto proporciona uma maior integração entre funcionários, alunos e o público externo, que nesta edição são os funcionários e beneficiários do GRAACC. A gestora do programa, Mariana Magon, informou que um de seus objetivos é aproximar os alunos do projeto e da causa que ele ajuda. Para isso, ela convida alunos de diferentes entidades da faculdade a visitarem o hospital todos os meses e conhecerem melhor seu propósito. Outra ação tomada pela equipe do projeto com o mesmo intuito foi o Desafio Bem da Moda, em que os alunos se juntam em grupos de quatro a seis alunos e doam o maior número de roupas seminovas, as quais serão usadas no brechó.

BDM2
Imagem: divulgação GRAACC

Ainda segundo um dos membros da equipe responsável pela realização desse projeto, Matheus Sanches, “O marketing sobre a moda tem uma capacidade muito grande de criar um hype”, isto é, de se tornar muito rapidamente algo moderno e influente. Pode-se discutir sobre a longevidade desse efeito, mas ainda é impressionante como essa indústria consegue criar uma demanda muito grande para um pequeno grupo de peças, se auto promovendo pela exclusividade.

Nesse contexto consumista, que valoriza a exclusividade, projetos como o Bem da Moda promovem o que Matheus chama de “Democratização da moda”. Assim, ela permite que mais pessoas tenham acesso à variedade de estilos existentes no mercado, possibilitando a criação de estilos pessoais e de uma exclusividade identitária.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s