Descolado e acessível

Da vida universitária aos grandes eventos, All Star Converse faz parte da rotina de muitos jovens

Jovem, não em termos de idade, mas de atitude, a marca sempre uniu música, moda, arte e esporte. Talvez o segredo esteja na simplicidade, que na essência, não se altera. Assim virou símbolo de criatividade, auto expressão, inconformismo e transgressão.

A Converse surgiu em 1908, em Massachussets, nos Estados Unidos, produzindo calçados de borracha. Nove anos mais tarde, Marks Converse apostou em um esporte não valorizado na época, o basquete. Então criou o All Star, que recebeu o nome do icônico Chuck Taylor, garoto propaganda dos calçados da marca durante toda a vida.

Imagem1
Os tênis com listras azuis e vermelhas da bandeira na sola e no logotipo, durante os Jogos Olímpicos de Berlim de 1936 fizeram tamanho sucesso que se tornaram hegemônicos na liga profissional norte-americana a partir de 1939. Foto: Divulgação

Os Converse Chuck Taylor All Star foram de obrigatórios no basquete para as ruas do pós-guerra nos pés de Elvis Presley. Passaram pela contracultura hippie dos sixties, pelo punk nos anos 70 e, no final dos anos 80, pelo grunge.

Imagem2
Kurt Cobain, que tornou o tênis ainda mais popular por usá-lo em todas as apresentações da banda Nirvana. Foto: Divulgação

No Brasil

A Converse já teve grandes participações em semanas de moda, colaborações com marcas e designers consagrados ou e novos, etc. Criou diversos eventos em espaços urbanos, subsídios para produções artísticas e ações de customização de tênis.


Ação Hands On desenvolvida no Brasil para destacar a customização dos tênis.

Das quadras de 1917, até os tempos atuais, a Converse continua sendo um clássico na vida de todos. Diversos artistas nacionais e internacionais já demonstraram sua paixão pelo produto em redes sociais e em depoimentos, como o da atriz Mariana Ribeiro em sua coluna para o Jornal O Globo. No texto Meu All Star Azul ela diz que “um ser humano de tênis é um ser humano sem problemas ou traumas de Sófocles. Quem usa tênis é bigger than others”.

Imagem4Da vida universitária aos grandes eventos, Converse não deixa de fazer parte da rotina de muitos jovens. Foto: Bárbara Proença

“Além se ser um sapato barato, o All Star carrega um estilo” diz o estudante da ESPM Breno Pinheiro, que usa os clássicos desde criança. Ariel Helena, também estudante da escola, conta que já usou o par branco de cano alto até para um casamento. “Ô sapatinho descolado e acessível”, completa.

Por Letícia Baptistao