Festival de música ou desfile de moda?

Os festivais de música são famosos por trazerem os mais diversos estilos, tanto musicais quanto de moda, entre as celebridades e o público em geral. Chapéus, bandanas, quimonos, óculos de sol e até mesmo capas de chuva dão um toque inspirador para esses eventos.

Se você está buscando inspirações para seu próximo festival, confira aqui o que o pessoal tem usado e fique com a dica do Pesponto em Pauta: camisetas de bandas, camisas abertas ou fechadas e os estilos “street” e “boho sempre são opções fáceis para acertar em cheio no visual. Mas, acima de tudo, esses ambientes são ótimos lugares para usar e abusar do estilo próprio! E o que não falta para isso é criatividade.

Na edição de 2018 do Lollapalooza Brasil, o público seguiu as tendências de moda previstas para o ano, como o xadrez e os óculos em formato gatinho, os queridinhos do momento.

Esse é o caso do Lucas Augusto Miranda, que foi ao festival para ver Imagine Dragons, Lana Del Rey e Zara Larsson, a artista em cujo estilo despojado se inspirou. “Escolhi essa roupa porque xadrez está em alta e quis causar a impressão de que acabei acordei e vim para cá”, brincou.

lucas
O jovem Lucas que trabalha com moda usou e abusou das tendências no festival. Foto: Bruna Piñeiro

Pochetes! Outro item indispensável quando o assunto é tendência para 2018, marcou forte presença no festival. Elas eram vistas em várias cores, estilos e tamanhos. Diferente do comum, agora as pochetes são usadas não somente na cintura, mas também no ombro, como uma mochila, ou transpassadas, como uma bolsa.

caique
Caíque Motta Carvalho, além de usar pochete e óculos gatinho, veste calça com estampa “príncipe de Gales”, outra febre prevista para o outono/inverno 2018 e diz: “Com certeza priorizo o estilo, conforto é o de menos”. Foto: Bruna Piñeiro
clara
Clara Müller dos Santos, usou a pochete na cintura, ela trabalha com moda e conta que escolheu um look esportivo porque é uma das tendências atuais. Sua inspiração de estilo é a cantora Dua Lipa, cujas roupas se baseiam em calças mais largas e coloridas. Foto: Bruna Piñeiro

Uma nova aposta foi excessivamente encontrada no Lolla deste ano: os conjuntinhos! A galera se jogou de cabeça na onda das peças combinando e ainda aproveitaram para brincar com o visual de uma forma bem descontraída. Foi a escolha de Gabriel do Nascimento Silva: “eu sigo esse estilo meio eclético, meio doido, meio ‘tô’ nem aí”.

gabriel
Gabriel, outro adepto da pochete transpassada, confessa que gosta de separar seus looks por cor, sempre em harmonia com o cabelo e com a barba. Foto: Bruna Piñeiro

Henrique Pontes de Lima é um rapaz apreciador das bandas nacionais brasileiras. Se inspira nas músicas do grupo Braza, e admite que Forfun, uma banda de rock do Rio de Janeiro, sempre terá um lugar insubstituível em sua vida.

Pode-se dizer que os estilos presentes no Lollapalooza sempre seguem fielmente os padrões da moda da época. Na edição de 2017, por exemplo, boa parte do público usou o verde militar ou um look todo preto, tendências que estavam em alta naquele ano.

matheus
Matheus Almeida Gomes, caracterizado e inspirado na cantora Lana Del Rey, e em seu ultimo álbum “Lust for life”. Foto: Bruna Piñeiro
pietra
A jovem youtuber Pietra de Pinho Lunardi escolheu usar camisa, uma vez que afirma gostar muito do estilo além de acreditar que combina com clima de festival. Foto: Bruna Piñeiro
murilo
Murilo Gonçalves, monta seus looks inspirado nas tendências do Coachella. “Festival é pra você se libertar e se vestir como quiser, essa é a oportunidade”, acrescenta. Foto: Bruna Piñeiro
ludovico
“Priorizei muito estilo pra vir pra cá […] vim só pra dar close”, brincou Ludovico Gabriel Alves da Silva, usando jaqueta de brilho e camisa floral. Foto: Bruna Piñeiro
felipe
Felipe Ferreira Martins usando pochete transpassada e vestindo roupas de seu cotidiano que são normalmente pretas e confortáveis. Foto: Bruna Piñeiro

Por Bruna Piñeiro e Marcella Miranda

Edição: Larissa Kazumi