Drag queens fashionistas

O mundo das drag queens é muito rico e diversificado, principalmente em relação à moda. As maquiagens e roupas são femininas, coloridas e diferentes. A pioneira Ru Paul Charles, por exemplo, foi a primeira drag queen a assinar uma linha de cosméticos, em 1994. Ela lançou a clássica Viva Glam, da MAC, que tem sua renda revertida em pesquisas para a AIDS.

Entrevistamos algumas drags para contarem melhor suas experiências. Confira com exclusividade nossas entrevistas com Alexis Mateo, Kelly Mantle e Rita Von Hunty:

1
Alexis Mateo é uma drag queen porto-riquenha que ficou em terceiro lugar na terceira temporada de Ru Paul’s Drag Race. Foto: Arquivo pessoal.

Pesponto em Pauta: Quando você começou a se montar, usava roupas emprestadas? Ou compradas por você mesma? Como foi?

Alexis Mateo: Quando comecei a fazer drag, minha mãe drag Alicia Markston, fazia minhas roupas e me ensinava a costurar ao mesmo tempo. Eu aprendi rápido com ela, já que desde pequeno gostava de artes manuais. Hoje em dia, faço tudo que uso.

PP: Em quem você se inspira na hora de montar os seus looks?

AM: Pego inspirações de todos os lados, mas a minha maior inspiração é a mulher latina. A mulher que tem curvas e é feminina. A que não é considerada uma modelo, mas é real. Como latino, meu corpo não é perfeito, mas gosto de trabalhar com a silhueta de uma mulher com curvas.

PP: Você já customizou uma roupa “masculina” para se montar?

AM: Muitos dos meus looks já foram personalizados para homens. Meu companheiro Jeffrey Kelly é um artista também, não é uma drag, mas sempre tenho a oportunidade de desenhá-lo. Inclusive fizemos parcerias com desenhos similares que ele criou.

PP: Você tem algo no seu guarda-roupas que poderia emprestar para uma mulher? Quais? Em quais situações?

AM: Tenho muitas coisas para mulheres. Na minha vida, sou treinador de concursos de beleza e muitas das meninas modelaram meus trajes de banho e de noite. Sempre gostei de desenhar vestidos de noiva, é um sonho meu.

Você pode seguir Alexis Mateo no Instagram em @miss_alexis_mateo.

2
Kelly Mantle é uma drag queen e ator americano, que participou da sexta temporada do reality show Ru Paul’s Drag Race e foi eliminada no primeiro episódio. Foto: Arquivo pessoal.

Pesponto em Pauta: Quando você começou a se montar, usava roupas emprestadas?  Compradas por você mesma? Como foi?

Kelly Mantle: Eu comecei a fazer drag como ator, no teatro. Então a maioria das minhas roupas sempre foram feitas por mim.

PP: E de onde você tira seus looks hoje em dia?

KM: Designers fazem para mim. E, às vezes, sou sortudo de achar alguma coisa já feita.

PP: Em quem você se inspira na hora de montar os seus looks?

KM: Eu sempre digo “a peruca depende do show”. Eu sempre tento servir o meu look para uma peruca específica. Eu também sou um camaleão, eu meu look está sempre mudando. Ultimamente, eu estou gostando muito nos designs do Haider Ackermann’s.

PP: Você tem algum modelo que o inspirou na arte drag?

KM: Eu fui inspirada por muitos. Eu acho que a Madonna continua sendo a primeira que me vem à cabeça.

PP: Quais são seus looks favoritos? E os menos favoritos?

KM: Eu tenho uma relação de amor e ódio com o meu vestido de bacon.

Você pode seguir Kelly Mantle no Twitter em @thekellymantle e no Instagram em @kellymantle.

3
Rita Von Hunty é uma drag queen brasileira que atualmente apresenta o programa Drag Me As A Queen do canal E!. Foto: Arquivo pessoal.

Pesponto em Pauta: Quando você começou a se montar, usava roupas emprestadas? Compradas por você mesma? Como foi?

Rita Von Hunty: Minhas primeiras montagens foram garimpos do Brás, Zé Paulino e empréstimos de amigos.

PP: E hoje? De onde você tira os seus looks?

RVH: Faço, compro na internet, vou a brechós e customizo.

PP: Em quem você se inspira na hora de montar os seus looks?

RVH: Um apanhado de referências retrôs. Mas eu tenho minhas referências maiores nos anos 1930, 1940, 1950 e 1960.

PP: E quais peças que você mais usa para customizar?

RVH: Peças retrô, mas simples demais para um palco ou uma aparição.

Você pode seguir Rita Von Hunty no Instagram em @rita_von_hunty.

            Por Isabela Salvetti e Isabelle Bulla